CORONAVÍRUS: MORTES POR COVID-19 CHEGAM À 25 NO BRASIL, DE ACORDO COM DADOS DESTE DOMINGO - NDM ONLINE | NOTÍCIAS DE MAGÉ, CAXIAS E GUAPIMIRIM

Post Top Ad

〚BOLETIM COVID! MAGÉ ATUALIZADO!

CORONAVÍRUS: MORTES POR COVID-19 CHEGAM À 25 NO BRASIL, DE ACORDO COM DADOS DESTE DOMINGO

#ESPALHE!
NDM — O Brasil tem 1.546 casos confirmados de novo coronavírus e 25 mortes até este domingo (22), diz o ministério da Saúde.

Foram relatados 418 casos a mais em relação ao balanço anterior, de sábado, um aumento de 37%. E 7 mortes foram contabilizadas nas últimas 24 horas.

Todas elas aconteceram em São Paulo, que agora soma 22 mortes. E também é o local com maior número de casos, com 631 - até sábado eram 459.

A taxa de letalidade da doença continua a mesma de sábado: 1,6%, segundo o governo federal.

Mandetta Sobre Medidas Restritivas nos Estados

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, falou sobre medidas restritivas que estão sendo adotadas pelos estados e municípios, pedindo "bom senso".

Ele citou, sem apontar o local, que houve cidades em que a prefeitura decidiu interromper o sistema de ônibus ''abruptamente" e por isso profissionais da saúde não conseguiram chegar ao trabalho.

Polêmica Sobre Cloroquina

Em seguida, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, observou que o vírus se mostra muito competente para realizar a transmissão e que a teoria de que o SARS-CoV-2 não se espalharia tão rapidamente nos países tropicais devido às altas temperaturas está sendo desmantelada.

Em outro momento, Mandetta criticou a corrida de parte da população às farmácias em busca da cloroquina, substância que é usada para tratar a malária, artrite e lúpus e que, suspeita-se, pode ter algum tipo de benefício ainda não comprovado no combate ao coronavírus.

Porém, o ministro nada mencionou sobre a iniciativa do presidente Jair Bolsonaro em aumentar a produção da cloroquina justamente para combater a COVID-19.

BNDES anuncia R$ 55 bilhões para evitar demissões

O BNDES anunciou a suspensão de cobrança de empréstimos por seis meses, beneficiando setores como petróleo e gás, aeroportos, portos, energia, transporte, saúde, mobilidade urbana, indústria e comércio e serviços, em um total de R$ 30 bilhões.

Sobre o pacote de R$ 55 bilhões, anunciado em uma transmissão pela Internet pelo presidente do BNDES, Gustavo Montezano, a meta é reforçar o caixa das empresas e dar suporte aos trabalhadores neste momento de crise causada pela COVID-19. Um total de 150 mil empresas, que têm mais de 2 milhões de funcionários, terão acesso aos recursos.

Outras medidas anunciadas pelo banco, segundo o G1, dizem respeito ao pacote a transferência de R$ 20 bilhões do PIS/PASEP para o FGTS dos trabalhadores, e o apoio às micro, pequenas e médias empresas, para as quais serão destinados R$ 5 bilhões.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou neste domingo uma injeção de R$ 55 bilhões na economia brasileira, o equivalente a quase todo o desembolso feito pela instituição em 2019. A meta é, principalmente, evitar demissões.

Além disso, o BNDES anunciou a suspensão de cobrança de empréstimos por seis meses, beneficiando setores como petróleo e gás, aeroportos, portos, energia, transporte, saúde, mobilidade urbana, indústria e comércio e serviços, em um total de R$ 30 bilhões.

Sobre o pacote de R$ 55 bilhões, anunciado em uma transmissão pela Internet pelo presidente do BNDES, Gustavo Montezano, a meta é reforçar o caixa das empresas e dar suporte aos trabalhadores neste momento de crise causada pela COVID-19. Um total de 150 mil empresas, que têm mais de 2 milhões de funcionários, terão acesso aos recursos.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou neste domingo uma injeção de R$ 55 bilhões na economia brasileira, o equivalente a quase todo o desembolso feito pela instituição em 2019. A meta é, principalmente, evitar demissões.

Sobre o pacote de R$ 55 bilhões, anunciado em uma transmissão pela Internet pelo presidente do BNDES, Gustavo Montezano, a meta é reforçar o caixa das empresas e dar suporte aos trabalhadores neste momento de crise causada pela COVID-19. Um total de 150 mil empresas, que têm mais de 2 milhões de funcionários, terão acesso aos recursos.

Outras medidas anunciadas pelo banco, segundo o G1, portal de notícias do grupo Globo, dizem respeito ao pacote a transferência de R$ 20 bilhões do PIS/PASEP para o FGTS dos trabalhadores, e o apoio às micro, pequenas e médias empresas, para as quais serão destinados R$ 5 bilhões.

Itália Registra 793 Mortes Por Coronavírus 

O número de mortos em decorrência do coronavírus na Itália aumentou em 793 em um dia, chegando a 4.825, disseram autoridades neste sábado, um aumento de 19,6%, o maior crescimento diário em termos absolutos desde o surgimento da epidemia um mês atrás.

Na quinta-feira, a Itália ultrapassou a China no número de mortes em decorrência do vírus altamente contagioso.

O número total de casos na Itália subiu para 53.578 em relação aos 47.021 anteriores, um aumento de 13,9%, informou a Agência de Proteção Civil.

A região norte da Lombardia, a mais atingida, permanece em situação crítica, com 3.095 mortes e 25.515 casos.

Das pessoas originalmente infectadas em todo o país, 6.072 haviam se recuperado totalmente até sábado, em comparação com 5.129 no dia anterior, havia 2.857 pessoas, em terapia intensiva contra as anteriores 2.655.

*Fontes Consultadas para essa Reportagem G1, Sputnik e Agência Brasil*

*REPORTAGEM LARISSA OLIVEIRA / REDAÇÃO NDM*
〚BOLETIM COVID! MAGÉ ATUALIZADO!
❚BOLETIM NDM COVID - RJ


Acompanhe o andamento dos boletins das cidades cobertas pelo NDM escolhendo uma das opções abaixo.




  
✪ PRIVACIDADE: TERMOS!

Post Bottom Ad

Pages