CLEMENTINO: BLACK FRIDAY OU BLACK FRAUDE? - NDM ONLINE | NOTÍCIAS, VÍDEOS, PODCAST, OFERTAS E DESCONTOS IMPERDÍVEIS!

Post Top Ad

CLEMENTINO: BLACK FRIDAY OU BLACK FRAUDE?

#ESPALHE!
COLUNAS — Olá tudo bem, já foram as compras? Pois bem,  fiquem atentos e vamos falar agora da famosa Black Friday. Black Friday (em português, sexta-feira negra) deveria ser um dia que inaugura a temporada de compras natalícias, com significativas promoções em muitas lojas retalhistas e grandes armazéns. É um dia depois do Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos, ou seja, celebra-se no dia seguinte à quarta quinta-feira do mês de novembro. 

Esta festividade começou nos Estados Unidos e com a ajuda das novas tecnologias e a promoção deste dia por parte das diversas empresas vem-se estendendo pelo resto dos países do mundo. Eu acompanhei cinco produtos de agosto para cá que tinha interesse em adquirir,  todos eles de preço, mais quando veio a Black Friday, três deles não entraram, e os dois que entraram na promoção apenas voltaram ao preço que estava em agosto.

Eu achei que essa percepção minha não valia e fui então ver as pesquisas feitas por órgãos de imprensa, em matéria no UOL por exemplo eles acompanharam muitos produtos. E a conclusão é semelhante da minha. Primeiro, os produtos que anunciados não entraram para a Black Friday e sabe quantos por cento entraram? Apenas 5% por cento, em outras palavras eles fazem  uma promoção mais fazem a pesquisa antes para ver a demanda reprimida e colocam só os produtos com demanda reprimida, e aí abaixam um pouquinho o preço que na verdade muitas vezes é o preço que já havia antes de um aumento recente. É uma total enganação  e os consumidores fica em  total  desespero.
  
Por causa dessa desgraça, não a um modo de  você  andar com sua vida financeira saudável. As pessoas saem mais endividada do que elas já estavam, e pra completar e piorar o quadro, não conseguem comprar o que queriam comprar e acabam comprando outra coisa,  porque só cinco porcento dos produtos acabam sendo expostos. O Brasileiro  é enganado todos os dias, e é enganado por coisas pequenas, coisas do tipo: simplesmente por não acompanhar os preços, não acompanhar as malandragens e  nem de fazer a previsão de que isso já vem acontecendo a anos.

E acaba caindo em toda a Black Friday. Tem um detalhe em todo país existe lei contra vulneráveis, pois o ingênuo e o desinformado de certo modo está sempre vulnerável e é por isso que existem leis contra esses comerciantes e produtores desonestos que prometem produtos com entrega e preço justo  e fazem como tem ocorrido no mercado Brasileiro, uma desonestidade aliada a uma ganância descomunal, veja o caso do preço da Carne por exemplo, o preço disparou por conta da ganância e falta de patriotismo dos produtores rurais, que vendo a cotação do Dólar nas alturas venderam para o mercado interno no mesmo valor de exportação.  

Isso foi um absurdo,  e o Presidente Bolsonaro  ainda da declaração de que não vai intervir neste caso nos preços. Me perdoem citar o caso da Carne aqui no assunto,  mas trata-se de comércio e consumo e ocorreu no mesmo período do assunto citado,  nossos comerciante e empresários precisam ser mas flexíveis e honestos o Brasil agradece. Porque você supõe que numa população  exista gente que possa entrar em desespero e mesmo informada não conseguiram raciocinar e vir a dar dinheiro para esses gananciosos  que existem por aí por conta de nesse caso ficarem com fome. Se eu faço uma pesquisa da demanda reprimida, ou seja,  se eu  descubro que a sociedade tem muita gente que faz tempo que não compra um carro de tal marca, é esse que eu vou oferecer no Black Friday, só que o outro produto que eu pus durante todo aquele tempo no meu site, esse eu não vou oferecer por que eu vou vender independente do prazo.

Então a pessoa chega lá para comprar o produto acaba comprando o produto que está com a demanda reprimida em relação ao carro por exemplo. Isso é falcatrua, isso não é negócio isso não é comércio é desonestidade isso é caso de PROCON, isso é caso de lei, isso é caso do congresso reagir. Isso não é capitalismo, Ultraliberalismo nem muito menos Socialismo isso é banditismo. O congresso tem que começar uma ação investigativa  sobre essas pegadinhas, isso é pegadinha. A sociedade vai se endividando de coisas que não usufrui. Em um país como nosso demandas reprimidas por coisas essenciais aparecem mesmo, porque estamos com demandas reprimidas de quase tudo, mais das coisas essenciais não dá, brincar com a população dessa maneira e tratar as pessoas com  desrespeito uma desonestidade uma falta de compromisso com qualquer coisa que se chama negócio, isso não é negócio, isso é formação de quadrilha.

Adianta você querer construir um país dessa maneira? com esses proprietários e empresários com esse tipo de gente não dá.

Luciano Clementino Somente juntos poderemos+!!!

ATENÇÃO! Esse é um espaço democrático que o NDM abre para que correntes de pensamentos possam ser expressos pelos nossos colunistas. No entanto as opiniões expressas neste espaço, não necessariamente correspondem as opiniões do NDM.

❚ LUCIANO CLEMENTINO, ATIVISTA POLÍTICO: COMENTARISTA / COLUNISTA NO NDM ONLINE ❚
❚ INFORME NDM ❚
GABINETE DO POVO — A Prefeitura Municipal de Magé, lançou o Gabinete do Povo no centro de Piabetá, afim de aproximar os serviços públicos da população do distrito mais populoso de Magé (6º Distrito). O Gabinete do Povo oferece um atendimento rápido e diferenciado para os munícipes. O Gabinete do Povo fica localizado ao lado da Agência dos Correios e do DPO de Piabetá, no Centro.
   
VISUALIZAÇÕES DO INFORME NDM
Contador de visitas



  
✪ PRIVACIDADE: TERMOS!

Post Bottom Ad

Pages