TARJA PRETA: EXCLUDENTE DE ILICITUDE, VOCÊ APROVA OU DESAPROVA? - NDM ONLINE | NOTÍCIAS, VÍDEOS, PODCAST, OFERTAS E DESCONTOS IMPERDÍVEIS!

Post Top Ad

TARJA PRETA: EXCLUDENTE DE ILICITUDE, VOCÊ APROVA OU DESAPROVA?

#ESPALHE!
COLUNAS — Gosta de Bolsonaro? A grande mídia senta o porrete no Capitão, acredito que a grande mídia exagera na dose, mas oposição é assim e com certeza o Presidente pisa na bola, pois gosta de uma polêmica. A polêmica da vez é a declaração que deu em sua LIVE de ontem ao dizer..."Se está armado, mete fogo nele. [...] Se encontrar portando arma de forma ostensiva ou ameaçando vítima com uma arma na cabeça, o sniper pode atirar que vai ser condecorado", disse.

Você que está me lendo já foi assaltado violentamente, ou só levaram sua carteira e seu celular, sem violência? Antigamente tínhamos os batedores de carteira, que agiam nos trens, nos ônibus, nas ruas de maneira sútil e quando você ia pegar seu dinheiro para pagar a passagem...Cadê a carteira? Mas hoje não, além de você ser assaltado, a probabilidade de você levar um tiro é bem grande.

Quando na minha adolescência, fui assaltado, me levaram um fusca zero quilometro e me espancaram, depois me jogaram em uma vala de merda, mas sobrevevi e nunca mais vi os marginais e muito menos o meu carro.  A polêmica da vez, como eu disse, é o EXCLUDENTE DE ILICITUDE, você é contra ou à favor? A intenção é garantir que as forças armadas possam conter a violência em locais que estão em situação de emergência. A garantia da Lei e da Ordem é instaurada quando um governo estadual pede ajuda das forças de segurança federais para restaurar a ordem em locais em que a violência saiu do controle. 

E disse o Presidente que, quando são designados para uma missão como essa, os membros do Exército se preocupam com a própria vida e, por isso, devem ter liberdade para agir em casos de perigo. "Seria uma irresponsabilidade minha assinar a GLO e dizer 'vai lá'". "Se um governador e o presidente da República entendem que tem que mandar as forças de segurança para lá, esse pessoal está entrando em um ambiente onde praticamente o terrorismo está instalado. Esse pessoal queima ônibus, atenda contra a vida de inocente, atenta contra o patrimônio público e privado. 

E aí o pessoal tem que chegar lá com rosas? Soltando beijinho? Fazendo uma ação social para encarar terrorista? Não, cara! Tem que chegar, no meu entender, bem armado, bem equipado e restabelecer a ordem. Como? Mostrando para aqueles marginais que são minoria perto da população do estado que ele é autoridade. E aí no nosso projeto de lei de excludente de ilicitude nós colocamos que, se a pessoa tiver comportamento hostil, ela pode receber tiro do lado de cá", detalhou Bolsonaro, dizendo que não dá para esperar os "marginais" atirarem para poder tomar uma atitude nessa situação.

Acredito que se você que esteja me lendo e tiver um pouquinho de bom senso, e, tenha sido assaltado e levou um tiro nesse assalto, pense da mesma maneira que o Capitão, até por que o que vemos em todas as manhãs, são homens armados em favelas, inclusive nessa semana assistimos na Rocinha, homens fortemente armados metendo fogo na polícia; e como é que a polícia faz? 

Para Bolsonaro, com esse projeto, o policial não vai mais precisar entrar em risco iminente para poder agir. "Em GLO, todo mundo vai saber que o estado está em situação de emergência. 

O pessoal da força de segurança vai para lá e, se encontrar alguém portando arma de fogo de forma ostensiva, ameaçando a vítima, com uma arma na cabeça de uma pessoa, o sniper pode atirar que vai ser condecorado. Não tem 'ah tinha que ter atirado em área não letal, não ia matar porque a arma era de plástico'. Como vai saber se é arma de plástico? Se tiver portando arma e atentando contra a vida de inocentes, o lado de cá vai poder atirar. Não tem nada de anormal nisso. [...] Se o cara tá armado, mete fogo nele! Não tem que esperar o cara atirar".

Polêmicas à parte... esse projeto de excludente de ilicitude de Bolsonaro, contudo, precisa ser aprovado pela Câmara e pelo Senado para virar lei. 

E o texto deve sofrer resistência nessas votações porque já vem recebendo muitos questionamentos da sociedade. O Ministério Público Federal (MPF), por exemplo, disse que o projeto do governo é inconstitucional e não encontra paralelo nem mesmo no período da ditadura militar.

Agora eu perguntarei para você leitor... você aprova ou não o excludente de ilicitude?

Você já deve saber a minha opinião sobre o assunto, pois fui roubado espancado e jogado em uma vala de merda! Então...

ATENÇÃO! Esse é um espaço democrático que o NDM abre para que correntes de pensamentos possam ser expressos pelos nossos colunistas. No entanto as opiniões expressas neste espaço, não necessariamente, correspondem as opiniões do NDM.


❚ EDUARDO CEZAR, O TARJA PRETA: BLOGUEIRO / COLUNISTA NO NDM ONLINE ❚
❚ INFORME NDM ❚
GABINETE DO POVO — A Prefeitura Municipal de Magé, lançou o Gabinete do Povo no centro de Piabetá, afim de aproximar os serviços públicos da população do distrito mais populoso de Magé (6º Distrito). O Gabinete do Povo oferece um atendimento rápido e diferenciado para os munícipes. O Gabinete do Povo fica localizado ao lado da Agência dos Correios e do DPO de Piabetá, no Centro.
   
VISUALIZAÇÕES DO INFORME NDM
Contador de visitas



  
✪ PRIVACIDADE: TERMOS!

Post Bottom Ad

Pages