CLEMENTINO: NUNCA HOUVE SOCIALISMO NO BRASIL - NDM ONLINE | NOTÍCIAS, VÍDEOS, PODCAST, OFERTAS E DESCONTOS IMPERDÍVEIS!

Post Top Ad

CLEMENTINO: NUNCA HOUVE SOCIALISMO NO BRASIL

#ESPALHE!
COLUNAS — O regime socialista foi estabelecido na Rússia em 1917, quando uma revolução derrubou a Monarquia czarista que vigorava no país. Após a queda da monarquia, o Partido Bolchevique, liderado por Vladimir Lênin, instaurou o governo socialista, que defendia ideais baseados sobretudo nos princípios marxistas.

O governo de Lênin enfrentou forte oposição de setores ligados ao antigo regime czarista, o que gerou uma longa Guerra Cívil no país. Após o fim do confronto, a Rússia estava devastada e, para reconstruí-la, o governo decidiu abandonar momentaneamente alguns rígidos princípios socialistas. Com a Nova Política Econômica (NEP), o país voltou a usar formas de produção capitalistas, como a abertura de pequenas fábricas, diferenças salariais e investimento estrangeiro no país.

Em 1922, sob o governo de Josef Stalin, a Rússia se une a vários outros países europeus para constituir oficialmente a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS). Durante seu governo, Stalin aboliu o NEP e estabeleceu os planos quinquenais, onde as metas da economia Soviética eram definidas em um prazo de cinco anos. Stalin priorizou a expansão e o desenvolvimento da indústria, além de centralizar diversos outros setores nas mãos do Estado.

O socialismo que foi na época implantado na União Soviética pode ser chamado de socialismo real, por ser considerado a primeira experiência prática de países que adotaram medidas da teoria socialista. Embora algumas dessas medidas tenham sido propostas durante os 72 dias da Comuna de Paris, esta foi a primeira vez em que os princípios socialistas se mantiveram como sistema politico de uma nação por um longo período de tempo, um diferencial em relação às teorias socialistas anteriores, que praticamente se mantiveram no campo das ideias.

O Brasil teve  governo  socialista?
O Brasil seguiu, de fato, essa agenda? 
Após consultas com renomados especialistas, em publicações históricas, obras clássicas e a Constituição Federal de 1988, posso lhes garantir que não!

O discurso da extrema direita resgata uma dicotomia entre capitalismo versus socialismo muito comum na Guerra Fria, mas que foi perdendo sentido após o fim da União Soviética e com a abertura de economias socialistas como a da China. Por exemplo, o último relatório do Banco Mundial que usa o conceito de socialismo para classificar economias  é de 1987 ou seja desde 1987 não existe governo modelo econômico de fato e de direito Socialista no mundo.

O cientista político, diretor do programa MIT Brazil e autor de Hierarchical Capitalism in Latin America: Business, Labor, and the Challenges of Equitable Development (Cambridge, 2013), Ben Ross Schneider, afirma que atualmente o termo socialismo não é mais usado para classificar e comparar sistemas políticos e econômicos, sendo mais usado o conceito de capitalismo de Estado, “um híbrido entre o capitalismo de mercado e o socialismo”. No entanto, é importante destaca que não há consenso na literatura sobre qual o tamanho do Estado para classificar um país como capitalista estatal. Capitalismo de laços, portanto caro leitor, o Brasil nunca teve um regime político-econômico efetivamente socialista nas diferentes acepções que o termo ganhou ao longo do tempo, nem no governo do PT nem em nenhum outro, e se não teve Socialismo, muito menos teve Comunismo aqui.

Sergio Lazzarini, um renomado professor do Insper e co-autor do livro Reinventing State Capitalism: Leviathanin Business, Brazil and Beyond (Harvard, 2014), não o socialismo, mas o “capitalismo de laços” seria a melhor definição para o modelo político-econômico adotado no Brasil por décadas, um regime marcado por uma confusão entre o que é público e privado. Nesse modelo, o Estado tem papel central com participações majoritárias ou minoritárias em empresas, mas de maneira distinta da forma socialista clássica de propriedade.Como sempre digo, precisamos que o Brasil encontre sua própria identidade. Luciano Clementino Somente juntos, poderemos mais!

ATENÇÃO! Esse é um espaço democrático que o NDM abre para que correntes de pensamentos possam ser expressos pelos nossos colunistas. No entanto as opiniões expressas neste espaço, não necessariamente correspondem as opiniões do NDM.


❚ LUCIANO CLEMENTINO, ATIVISTA POLÍTICO: COMENTARISTA / COLUNISTA NO NDM ONLINE ❚




❚ INFORME NDM ❚
GABINETE DO POVO — A Prefeitura Municipal de Magé, lançou o Gabinete do Povo no centro de Piabetá, afim de aproximar os serviços públicos da população do distrito mais populoso de Magé (6º Distrito). O Gabinete do Povo oferece um atendimento rápido e diferenciado para os munícipes. O Gabinete do Povo fica localizado ao lado da Agência dos Correios e do DPO de Piabetá, no Centro.
   
VISUALIZAÇÕES DO INFORME NDM
Contador de visitas



  
✪ PRIVACIDADE: TERMOS!

Post Bottom Ad

Pages