CLEMENTINO: FASCISMO – VOCÊ SABE O QUE É, SUAS CONSEQUÊNCIAS? - NDM ONLINE | NOTÍCIAS, VÍDEOS, PODCAST, OFERTAS E DESCONTOS IMPERDÍVEIS!

CLEMENTINO: FASCISMO – VOCÊ SABE O QUE É, SUAS CONSEQUÊNCIAS?

#ESPALHE!
COLUNAS — A palavra “fascismo” vem do italiano fáscio, que significa “feixe”. Na Roma Antiga, o fáscio (também conhecido como fáscio littorio), era um machado revestido por varas de madeira. Ele geralmente era carregado pelos  guarda-costas dos magistrados que eram detentores do poder na época e foram substituídos hoje pelos atuais Aspones. Substantivo de dois gêneros PEJORATIVO•PEJORATIVAMENTE indivíduo que exerce um cargo sem função real ou útil, isso para não usar linguajar chulo para conota-los se é que me entendem. A palavra vem sendo freqüentemente usada nos dias de hoje como arma na luta política. É compreensível que isso ocorra. Para  efeito de provável agitação, é normal que muitos  se sirvam disso como epíteto injurioso contra uma força politica. No entanto, esse uso exclusivamente agitacional pode impedir que em determinadas circunstâncias, não consigam utilizar o conceito com o necessário rigor científico e  extrair o seu melhor emprego. 

DIREITA E ESQUERDA

Entendam que não falo aqui sobre a chamada esquerda nem  direita, por entender que em nosso pais muito menos no Estado do Rio não existe de fato e direito nenhuma delas, somos um pais com capacidade e condições de ter identidade politica própria sem plagiar ideologia dos outros, sejam eles quem forem, mas isso não vem acontecendo -- estamos fadados a indigência politica ideológica justamente por falta de muita coisa: principalmente de reflexão. Voltando para o assunto, pois bem; todas as vantagens políticas de uma análise realista e diferenciada dos movimentos das forças que lhe são adversas tem sido comprometidas por esta ótica.

O RÓTULO DO FASCISMO NÃO PODE SER APLICADO À TODOS

Essa mania de chamar de “fascista” qualquer  força politica  poderia ter legitimidade como recurso de agitação, mas é enganoso como instrumento de análise e pode produzir efeitos nefastos na luta política, pois a desarma no entendimento dos movimentos de seus adversários. É indiscutível que essa forma frouxa de considerar “fascista” qualquer movimento conservador de direita produziu historicamente resultados desastrosos na história da sociedade e desarticulou violentamente forças politicas em viárias situações mundo a fora.

Posso afirmar a vocês categoricamente que o  fascismo é uma palavra “quase inteiramente sem sentido”. Isso se deve, principalmente, ao fato de o fascismo não possuir um arcabouço teórico forte, e ter sido determinado, na prática, pelas atitudes de Mussolini por exemplo. Nas palavras do próprio ele disse: “Não temos uma doutrina pronta; nossa doutrina é a ação.” Pergunto a você caro leitor o que estamos presenciando no rio de janeiro atualmente, não seria exatamente isso, ações desastrosas sem planejamento que resultam na maioria dos casos em morte de inocentes deixando a cidade com uma enorme possa de sangue? 

WITZEL SE ENQUADRA NO FASCISMO?

Veja a situação de nossa segurança por exemplo: o governador do Rio extinguiu a secretaria de segurança há tempos atrás e noticiou que em breve várias delegacias vão fechar. Ele não tem doutrina nem articulação, ele tem ação desequilibrada, ele é um Governador com capa de conservador Evangélico, mas é de fato o que o grande público chama de fascista. Ele, o Governador é fascista, e falo nesse caso; fascista com todos os efes. O governador Wilson Witzel, também entregou aos secretários um plano com 203 metas no inicio de seu governo em varias áreas: 104 teriam que ser cumpridas em cem dias e 99 até junho deste ano. O documento  orientou  ações que vão desde a saúde e educação, passando por políticas de educação e de ciência e tecnologia na prestação de conta dele ele disse ter cumprido esse cronograma. Você cidadão do estado do Rio de Janeiro tem evidenciado isso na capital e outros municípios, constatou mudança significativa em seu dia a dia mediante as suposta medidas implantadas por ele? Pois bem, eu não, muito pelo contrário, vejo fortes indícios de utilização de cortina de fumaça fascista nesse enredo dele que alimenta conservadores e fundamentalistas religiosos que são constantemente alimentados por (políticos) como ele.

CRIVELLA QUER APROVEITAR A ONDA CONSERVADORA

O prefeito do Rio Marcelo Crivella com ciúmes do governador aparecer a surfar na onda do conservadorismo fascista sozinho, decidiu também entrar em cena. Marcelo Crivella, iniciou uma guerra contra a liberdade de expressão no Rio; mandando apreender livros que estavam sendo vendidos na Bienal do Livro em uma clara e evidente atitude preconceituosa, homofóbica e de promoção a censura. O que ele jamais esperava, seria a rápida reação do público local, que adquiriu todos os exemplares que estavam a venda em vários estandes diferentes no evento, e também de grande parte do Brasil que repudiou o ato principalmente nas redes sociais forçando as instâncias superiores PGR e STF intervir nesse domingo: pondo um ponto final na Barbárie promovida por Crivella e e alimentando a esperança, que ainda temos uma luz a enxergar no fim do túnel no judiciário do pais. Crivella considerou que o livro “traz conteúdo sexual para menores” e disse que deveriam estar “embalados em plástico preto, lacrado e, do lado de fora, avisando o conteúdo -- ele disse que a prefeitura estaria protegendo os menores da  cidade”, argumentou o (político) vai que cola né?

CENSURA COM AVAL E PROTAGONISMO DE QUEM DEVERIA COMBATE-LA

A Prefeitura, na manhã da ultima sexta-feira (06/09), chegou a ameaçar a licença de funcionamento do evento literário. “Em caso de descumprimento, o material sem o aviso será apreendido e o evento poderá ter sua licença de funcionamento cassada”, afirmava o texto. Acredito que a tolerância é imprescindível para conquistarmos a paz, o bem, o respeito e a dignidade humana e cada pessoa precisa reconhecer a necessidade de vivenciá-la no cotidiano. A tolerância é valor necessário para o equilíbrio da sociedade. Quando se desconsidera esse valor, cresce na sociedade as inimizades, os revanchismos e muitas outras ameaças às relações pessoais, políticas e institucionais, e a politica não fica fora disso, enganado esta quem pensa ao contrario disso. Por isso, tolerância não pode ser compreendida apenas como uma questão governamental, ela precisa partir de cada um indivíduo.

TOLERÂNCIA COMO UM DOS ANTÍDOTOS AO FASCISMO 

A evolução da tolerância, enquanto valor social, pode ser percebida a partir das reflexões de muitos filósofos e pensadores, que advertem a respeito da existência de uma prisão: por muitas vezes, pessoas se enjaulam na própria opinião -- quando se encontram com alguém que pensa diferente. Uma rigidez alicerçada na desconsideração de conceitos morais, na estreiteza de horizontes, na mediocridade de intuições e inventividades. Essa dureza traz impactos na dimensão relacional e gera o malefício terrível da intolerância que mata diálogos, tenta justificar autoritarismos, fomenta discriminações e permite que sejam erguidas as bandeiras da exclusão, da desconsideração de raças, culturas e povos opiniões, comportamentos e tendências.  

CONCLUSÃO E FINALIZAÇÃO

É, e assim, tem aberto base para preconceitos e abusos de poder como os constatados no estado do Rio e em todo do Brasil recentemente, e isso pode contaminar a mim,  você, a sua família e amigos: então vamos lutar, vamos resistir, cuidar uns dos outros e se proteger desse porque não dizer; "vírus"  da intolerância, ignorância, violência e censura, que é potencialmente capaz de gerar "doença" muito letal com objetivo de exterminar nossas liberdades individuais, protegidas pela constituição do nosso país. Que viva a liberdade, o pensamento, as artes e nossa democracia. 

ATENÇÃO! Esse é um espaço democrático que o NDM abre para que correntes de pensamentos possam ser expressos pelos nossos colunistas. No entanto as opiniões expressas neste espaço, não necessariamente correspondem as opiniões do NDM.

❚ LUCIANO CLEMENTINO, ATIVISTA POLÍTICO: COMENTARISTA / COLUNISTA NO NDM ONLINE ❚




✪ INFORME NDM 
TOMOGRAFO DISPONÍVEL EM MAGÉ   De 16 a 20 de setembro, Magé recebe a Unidade Móvel de Tomografia para realização de exames de imagem para os moradores da cidade. O atendimento será feito das 8h às 17h, em frente ao Complexo Municipal de Saúde, em Piabetá. Para a realização do exame, o mageense precisa levar o pedido (solicitação médica) em mãos e cartão do SUS. O Complexo de Saúde fica na Av. Santos Dumont, nº 207 – Piabetá, Magé. A indicação parlamentar foi feita pelo deputado estadual Vandro Família.

VISUALIZAÇÕES DO INFORME NDM
Contador de visitas


  
✪ PRIVACIDADE: TERMOS!

Post Bottom Ad

Pages