WITZEL E A DEMAGOGIA AO PARTICIPAR DE AÇÃO POLICIAL EM ANGRA - NDM ONLINE | NOTÍCIAS, VÍDEOS, PODCAST, OFERTAS E DESCONTOS IMPERDÍVEIS!

Post Top Ad

WITZEL E A DEMAGOGIA AO PARTICIPAR DE AÇÃO POLICIAL EM ANGRA

#ESPALHE!
COLUNAS NDM É impressionante a quantidade de bobagens e polêmicas desnecessárias da qual o governador do Rio Wilson Witzel (PSC-RJ), vem se metendo ultimamente. A última agora foi a avacalhada operação em que o governador do Rio de Janeiro participa com policiais e políticos da cidade, como o prefeito de Angra dos Reis. Na operação moradores reclamaram que um policial atirou a esmo e acabou atingindo uma tenda, utilizada por evangélicos da localidade. Os moradores explicaram a reportagem da TV Globo que ali, não existe domínio do tráfico. Mas a pergunta que não deve deixar de ser feita é a seguinte: e se houvesse algum inocente dentro da tenda, quem se responsabilizaria, o governador do Rio?

A COMUNIDADE NÃO É SÓ DE CRIMINOSOS

Dentro de todas essas comunidades dominadas por traficantes existem pessoas de bem, trabalhadores, donas de casa, idosos e crianças. Por tanto espetáculos como estes não são de bom tom, muito menos vindo da maior autoridade do executivo estadual -- nesse caso, Wilson Witzel

Vou ainda mais além, e se os criminosos tentassem responder com armas que derrubam aeronaves, como já ocorreu na cidade do Rio. Afinal, porque o governador do Rio quis se expor tanto? Foi um ato demagógico e duramente criticado pela imprensa nacional. 

WITZEL NÃO SE COMPORTA COMO GOVERNADOR

O governador do Rio não tem se comportado como o governado de um dos estados mais importantes da federação brasileira, que atravessa um de suas piores, se não a pior crise de sua história. Ele foi eleito e é pago, não para posar de policial, até porque não foi treinado para isso. Ele precisa sim, dar as devidas condições da instituição PMERJ e Polícia Civil do Rio atuarem no combate a criminalidade, de preferencia pupando a vida dos cidadãos de bem que vivem nessas comunidades. Ou então será o responsável por patrocinar um verdadeiro massacre de inocentes, em nome de um suposto "combate a criminalidade".

Witzel é denunciado à ONU por recorde de mortes em ações policiais no Rio.

A Comissão de Direitos Humanos da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) e a deputada federal Talíria Petrone (PSOL-RJ) denunciaram à ONU (Organização das Nações Unidas) o que consideram uma "agenda genocida" do governador Wilson Witzel (PSC). Em ofícios enviados hoje à ONU, a deputada Renata Souza (PSOL), que preside a comissão, e a parlamentar federal ressaltam dados do ISP (Instituto de Segurança Pública) e lembram que as mortes em confrontos com policiais no estado do Rio chegaram a um nível recorde no primeiro trimestre deste ano.

GOVERNADOR FOI ELEITO PARA COMBATER TRÁFICO E MILÍCIAS

Parece que o juiz se esqueceu que às  milícias também são organizações criminosas e a margem da lei. Witzel só tem falado e feito bobagens, se metido em polêmicas totalmente desnecessárias. Governador: é hora de se focar em tirar o Rio do buraco, o senhor já foi eleito, desça do palanque e assuma o seu compromisso com o povo fluminense de um vez por todas. Prometeu não fez, perdeu a vez! Lembre-se disso, governador.

➤LEIA + COLUNA DO TARJA PRETA: VEJA OS ARTIGOS SOBRE OS DESTAQUES DA POLÍTICA NO ESTADO DO RIO

❚ MAURÍCIO JUNIOR / COMENTARISTA E COLUNISTA DE POLÍTICA DO NDM ❚  


❚ INFORME NDM ❚
GABINETE DO POVO — A Prefeitura Municipal de Magé, lançou o Gabinete do Povo no centro de Piabetá, afim de aproximar os serviços públicos da população do distrito mais populoso de Magé (6º Distrito). O Gabinete do Povo oferece um atendimento rápido e diferenciado para os munícipes. O Gabinete do Povo fica localizado ao lado da Agência dos Correios e do DPO de Piabetá, no Centro.
   
VISUALIZAÇÕES DO INFORME NDM
Contador de visitas



  
✪ PRIVACIDADE: TERMOS!

Post Bottom Ad

Pages