TARJA PRETA: SEU VOTO A CHUVA E A CONSEQUÊNCIA DOS DOIS - NDM ONLINE | NOTÍCIAS, VÍDEOS, PODCAST, OFERTAS E DESCONTOS IMPERDÍVEIS!

Post Top Ad

TARJA PRETA: SEU VOTO A CHUVA E A CONSEQUÊNCIA DOS DOIS

#ESPALHE!
COLUNAS NDM — Não é de hoje que no verão ou, no fim dele,  ocorrem chuvas torrenciais em nosso Estado do Rio de Janeiro e dando uma espiadinha na história percebemos que a coisa no século XIV já era estreita. Só em 1840 foi que entrou em operação Observatório do Rio de Janeiro localizado no extinto Morro do Castelo a pesar de ter sido fundado em 15 de outubro de 1827. E de lá para cá o que houve na verdade foi o crescimento desordenado da cidade, o acumulo de lixo que veio crescendo ao longo dos anos, a falta de fiscalização, a falta de educação da população que joga lixo desordenadamente nas ruas  e a falta de manutenção de córregos, rios, bueiros e  afins. No Estado não é diferente. 

Bolsões demográficos se instalaram na região serrana no Sul do Estado, no norte e noroeste e na região metropolitana e baixada fluminense. Cada região com a sua peculiaridade. Vejamos a região serrana e pegaremos Petrópolis como exemplo. Na verdade a cidade foi concebida de maneira organizada, quem vai até o centro histórico daquela cidade vai perceber  isso, ao contrário de outras cidades, não só do Estado, como também do Brasi;l os dois rios que cortam o centro da cidade são frontais, ou seja, na frente das casas, prédio e construções, deixando a área livre para a desobstrução dos mesmos, mas as construções desordenadas nas encostas fazem com que barreiras vez ou outra caiam e consequentemente matem pessoas. 

Na Baixada Fluminense e São Gonçalo, já temos baixadões, trazendo inundações em bairros inteiros, trazendo consequentemente, depois das chuvas, casos de dengue e outras doenças tão graves quanto, assim como a meningite. Mas o que de fato os nossos prefeitos e governadores dessas e de outras cidades que não entraram no exemplo, fizeram de efetivo para conter essas catástrofes? Nada!

Vocês que me leem  estão vendo como é que quando vendemos nossos votos o que de fato ocorre na vida de todos? Sempre falamos de saúde, segurança, transporte e educação. As chuvas que caíram  na cidade do Rio de Janeiro, região metropolitana e sul do Estado comprometeram  toda a cadeia produtiva, não só das cidades onde ela caiu, mas no Estado, mas o principal problema é em quem votamos. À alguns anos atrás tivemos um deslizamento de terra no morro do Bumba em Niterói, acredito que até hoje as pessoas que ali moravam e ficaram desabrigadas, ainda não refizeram as suas vidas. 

Documentos se foram, móveis, comida e o que sobrou além da vida de quem sobreviveu foi um farrapo de roupa que ficou no corpo; e tudo aconteceu, não por causa da chuva  e sim por que votamos errado, em prefeitos que desviam dinheiro, gestões passadas que não fiscalizaram as construções irregulares, entre outras coisas, mas imaginem vocês, ser vítima de um deslizamento e precisar de um hospital público que foi saqueado pela corrupção...?! Já pensaram nisso? 

O que temos visto na TV nesses dias após as chuvas que caíram principalmente na cidade do Rio de janeiro é consequência do descaso de governantes que por lá passaram, que não cuidaram do básico, que é fazer as devidas manutenções nos logradouros da cidade. 

A Tv Globo, vem a todo momento colocando a culpa em Crivella, o prefeito do Rio, mas ele não é totalmente culpado, mas é ele quem está sentado na cadeira de prefeito daquela cidade. E na sua cidade, você já se deu conte de quem lá sentou-se e de quem lá está sentado no momento?

Chuva é com São Pedro e  a limpeza da sua cidade, além de fiscalização para coibir “condomínios” é responsabilidade de nossos governantes. No caso de São Pedro é só rezar para que ele não mande a chuva e no caso de nossos governantes é só votar e votar corretamente! Fica aí o recado.

❚ EDUARDO CEZAR, O TARJA PRETA: BLOGUEIRO / COLUNISTA NO NDM ONLINE ❚

Acompanhe os artigos sobre a política local no blog do Tarja Preta. Acesse Aqui!


❚ INFORME NDM ❚
GABINETE DO POVO — A Prefeitura Municipal de Magé, lançou o Gabinete do Povo no centro de Piabetá, afim de aproximar os serviços públicos da população do distrito mais populoso de Magé (6º Distrito). O Gabinete do Povo oferece um atendimento rápido e diferenciado para os munícipes. O Gabinete do Povo fica localizado ao lado da Agência dos Correios e do DPO de Piabetá, no Centro.
   
VISUALIZAÇÕES DO INFORME NDM
Contador de visitas



  
✪ PRIVACIDADE: TERMOS!

Post Bottom Ad

Pages