Sindicato das Empresas de Transporte de Magé e Duque de Caxias não Asseguram mais Transporte para Usuários - NDM - NOTÍCIAS DIGITAL MÉDIA | SITES DE JORNALISMO BRASIL

ÚLTIMAS!

Home Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Sindicato das Empresas de Transporte de Magé e Duque de Caxias não Asseguram mais Transporte para Usuários

MAGÉ - NDM ONLINE  - A SETRANSDUC – Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviário de Passageiros Em Duque de Caxias e Magé – RJ, enviou documento as prefeituras de Duque de Caxias e Magé , ambas na Baixada Fluminense. 



No documento oficial (foto/reprodução), informa que a partir da noite de ontem (25/5), NÃO PODERÁ ASSEGURAR O FUNCIONAMENTO DO TRANSPORTE PÚBLICO nos municípios de Magé e Duque de Caxias.
A situação vem se agravando também em município como São Gonçalo, Niterói, Itaboraí, Belford Roxo e Nova Iguaçu. As empresas sem acesso ao combustível, que é transportado pelos caminhoneiros em greve, acabam não tendo mais alternativas, e recolhem seus veículos para suas respectivas garagens.


 
Compartilhe e marque seus amigos e familiares para que esta informação chegue a mais usuários do transporte publico.


+ NOTÍCIAS » NDM ONLINE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO:
O NDM Online coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas publicações. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada, respeite a opinião dos demais. Esclarecemos que as opiniões aqui expressadas não são de responsabilidade do site, mas sim dos internautas. Deixe seu comentário sobre esta publicação, após a analise da moderação, com certeza publicaremos. Criticas, sugestões e outros assuntos pertinentes envie um e-mail para: mromodia@gmail.com, contamos com sua interação. Obrigado!


☗ NDM INFORMA!

Alerj aprova fim da vistoria no Detran

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou na quinta-feira (14/12), um projeto de lei que acaba com a vistoria veicular obrigatória feita nos postos do Detran. Parar virar lei, a proposta depende da sanção do governador em exercício, Francisco Dornelles (PP). Caso seja votada, volta para ser votada novamente pelos deputados. LEIA +

✪ PRIVACIDADE: TERMOS!

Post Bottom Ad