Empresas Diminuem Frota de Ônibus em Magé em Função da Greve dos Caminhoneiros - NDM - NOTÍCIAS DIGITAL MÉDIA | SITES DE JORNALISMO BRASIL

ÚLTIMAS!

Home Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Empresas Diminuem Frota de Ônibus em Magé em Função da Greve dos Caminhoneiros

MAGÉ - NDM ONLINE  - Com a greve dos Caminhoneiros, situação da frota do transporte rodoviário começa a dar sinais de desabastecimento. Funcionários da empresas de ônibus que circulam em Magé estão ficando sem combustível para prestar o serviço à população mageense.

O NDM Online conversou com motorista da empresa iluminada, que vamos preservar por motivos óbvios:

"Eles estão mandando os ônibus para as garagens, isso esta ocorrendo por falta de combustível, em função da greve dos caminhoneiros",

explicou um veterano motorista que já passou por diversas empresas que atuaram na cidade de Magé


No estado do Rio de Janeiro, 40% da frota segue fora de serviço por conta dessa greve, de acordo com a FETRANPOR. Novas informações sobre a situação em Magé à qualquer momento aqui no NDM Online


+ NOTÍCIAS » NDM ONLINE


Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO:
O NDM Online coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas publicações. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada, respeite a opinião dos demais. Esclarecemos que as opiniões aqui expressadas não são de responsabilidade do site, mas sim dos internautas. Deixe seu comentário sobre esta publicação, após a analise da moderação, com certeza publicaremos. Criticas, sugestões e outros assuntos pertinentes envie um e-mail para: mromodia@gmail.com, contamos com sua interação. Obrigado!


☗ NDM INFORMA!

Alerj aprova fim da vistoria no Detran

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou na quinta-feira (14/12), um projeto de lei que acaba com a vistoria veicular obrigatória feita nos postos do Detran. Parar virar lei, a proposta depende da sanção do governador em exercício, Francisco Dornelles (PP). Caso seja votada, volta para ser votada novamente pelos deputados. LEIA +

✪ PRIVACIDADE: TERMOS!

Post Bottom Ad