Rio: DPU queixa-se de Cabral - NDM - NOTÍCIAS DIGITAL MÉDIA | SITES DE JORNALISMO BRASIL

ÚLTIMAS!

Home Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Rio: DPU queixa-se de Cabral

A Defensoria Pública da União decidiu reclamar das posições do governador Sérgio Cabral com relação ao prédio do Museu do Índio e a Aldeia Maracanã à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Nesta quarta-feira(16), o defensor público federal André Ordacgt encaminhou reclamação contra a impassível posição do governador do Rio de retirar os indígenas e demolir o prédio do antigo Museu do Índio.

A defensoria pede a intervenção da secretaria que tem como uma de suas funções a proteção de grupos minoritários como os índios. De acordo com Ordacgy, a partir da reclamação a secretaria poderia mobilizar o aparato federal e tomar ações que vão desde a cobrança de explicações até medidas judiciais.

Cabral se irrita com polêmica

Na manhã desta quarta-feira, o governador Sérgio Cabral informou que já leu e aprovou a minuta da proposta da Secretaria de Assistência Social, oferecida aos índios da Aldeia Maracanã na noite de terça-feira(15).

Pela proposta, seria criado um Centro de Referência da Cultura Indígena para a preservação de seus hábitos e costumes em contrapartida à remoção dos índios da Aldeia Maracanã. A proposta inclui também o pagamento de passagens para àqueles que quiserem retornar às suas aldeias, como explica a reportagem "Governo do Rio oferece aos índios Centro de Referência e passagens de volta"

Questionado sobre os motivos de só agora o governo insistir na remoção – já que os índios estão no local desde 2006 -, o governador mostrou impaciência e disparou:

"Porque antes não tinha Copa do Mundo, antes eu não era governador. Podemos fazer muitas perguntas nesta ordem: 'Por que não foi feita a pacificação de Manguinhos e Jacarezinho antes? Por que não foi feita a Linha 4 do Metrô antes? Por que não se reformou os trens da SuperVia antes? Por que não foram comprados novos carros para o Metrô antes?'"

Na noite de terça-feira, em entrevista a jornalistas, o governador Sérgio Cabral disse que se referir ao local como uma aldeia é "deboche". O governador destacou ainda que os índios ocupam o lugar desde 2006. "Eles não estão lá desde 1506, 1606, 1906..."

Gostou do nosso site? Então curta nossa FAN PAGE, concorra automaticamente a prêmios sem precisar se cadastrar em nada, curta e fique bem informado. Saiba quais são as novidades clicando em PROMOÇÕES.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO:
O NDM Online coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas publicações. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada, respeite a opinião dos demais. Esclarecemos que as opiniões aqui expressadas não são de responsabilidade do site, mas sim dos internautas. Deixe seu comentário sobre esta publicação, após a analise da moderação, com certeza publicaremos. Criticas, sugestões e outros assuntos pertinentes envie um e-mail para: mromodia@gmail.com, contamos com sua interação. Obrigado!


☗ NDM INFORMA!

Alerj aprova fim da vistoria no Detran

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou na quinta-feira (14/12), um projeto de lei que acaba com a vistoria veicular obrigatória feita nos postos do Detran. Parar virar lei, a proposta depende da sanção do governador em exercício, Francisco Dornelles (PP). Caso seja votada, volta para ser votada novamente pelos deputados. LEIA +

✪ PRIVACIDADE: TERMOS!

Post Bottom Ad