Chegada do Exército provoca tiros nas favelas - NDM - NOTÍCIAS DIGITAL MÉDIA | SITES DE JORNALISMO BRASIL

ÚLTIMAS!

Home Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Chegada do Exército provoca tiros nas favelas

Notícias de Magé, Violência no Rio - Piabetá 

Eleição 2012 Exército contra a boca de urna 


Por Elayse Ormond - Traficantes atiram para o alto nessa quinta feira dia (4) devido a chegada no exército nas favelas do Rola e Antares, Zona oeste do Rio, para reforçar a segurança durante as eleições domingo (7).
De acordo com as primeiras informações, os militares não reagiram. O Exército usou um tanque blindado e um helicóptero para entrar nas comunidades.
A Programação do Centro de Controle das Eleições 2012 é de que o Exército ocupe, nesta quinta feira, as comunidades Anil, Tirol e Antares, todas na zona oeste. Já os soldados da Marinha vão para Nova Holanda, na Maré,  Zona Norte.
Até  o domingo, a operação das tropas será contra a propaganda ilegal, no dias eleições, as Forcas Armadas ficarão dispostas ao entorno dos locais de votação para combater a boca de urna.
Cerca de 3.000 soldados das Forças Armadas vão atuar na Capital, nas Cidades dos Campos dos Goytacazes, e Macaé no norte Fluminense, São Gonçalo e Itaboraí, na região metropolitana, Cabo frio na Região dos Lagos e Rio das Ostras na região na baixada litorânea

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO:
O NDM Online coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas publicações. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada, respeite a opinião dos demais. Esclarecemos que as opiniões aqui expressadas não são de responsabilidade do site, mas sim dos internautas. Deixe seu comentário sobre esta publicação, após a analise da moderação, com certeza publicaremos. Criticas, sugestões e outros assuntos pertinentes envie um e-mail para: mromodia@gmail.com, contamos com sua interação. Obrigado!


☗ NDM INFORMA!

Alerj aprova fim da vistoria no Detran

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou na quinta-feira (14/12), um projeto de lei que acaba com a vistoria veicular obrigatória feita nos postos do Detran. Parar virar lei, a proposta depende da sanção do governador em exercício, Francisco Dornelles (PP). Caso seja votada, volta para ser votada novamente pelos deputados. LEIA +

✪ PRIVACIDADE: TERMOS!

Post Bottom Ad