Compra De Votos Em Magé Vai Dar Cadeia - NDM - NOTÍCIAS DIGITAL MÉDIA | SITES DE JORNALISMO BRASIL

ÚLTIMAS!

Home Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Compra De Votos Em Magé Vai Dar Cadeia

Apuração Das Urnas Em Tempo Real Magé
Contagens Dos Votos Em Magé Tempo Real
Apuração De Votos Em Magé Em tempo Real


Notícias de Magé, Eleições em Magé - Piabetá - O (TRE) em uma medida que dever ser aplaudida esta fechando o cerco contra os compradores e vendedores de votos nas eleições em Magé, segundo informações do jornalista Elizeu Pires a Justiça Eleitoral vai colocar 150 fiscais e mais 75 homens das polícias Militar, Civil, Federal e Rodoviária, tudo isso para inibir os contraventores dos votos nas eleições em Magé, quem comprar e vender votos terá o mesmo tratamento pois afinal crime é crime.


No município de Magé os cadernos de anotações com nomes e números de títulos de eleitores que aceitaram o esquema criminoso de receberem dinheiro nas eleições em Magé em troca de votos estão sendo analisados, para que possam ser responsabilizados criminalmente tanto quem compra como vende voto. Várias dessas anotações foram apreendidas no município nos últimos dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO:
O NDM Online coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas publicações. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada, respeite a opinião dos demais. Esclarecemos que as opiniões aqui expressadas não são de responsabilidade do site, mas sim dos internautas. Deixe seu comentário sobre esta publicação, após a analise da moderação, com certeza publicaremos. Criticas, sugestões e outros assuntos pertinentes envie um e-mail para: mromodia@gmail.com, contamos com sua interação. Obrigado!


☗ NDM INFORMA!

Alerj aprova fim da vistoria no Detran

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou na quinta-feira (14/12), um projeto de lei que acaba com a vistoria veicular obrigatória feita nos postos do Detran. Parar virar lei, a proposta depende da sanção do governador em exercício, Francisco Dornelles (PP). Caso seja votada, volta para ser votada novamente pelos deputados. LEIA +

✪ PRIVACIDADE: TERMOS!

Post Bottom Ad