Traficantes deixam rastro de Sangue em Caxias: 5 mortes em menos de 30 dias.

Moradores tem visto cenas horrorizantes promovida por criminosos da região.

Por DOUGLAS PROCÓPIO / ESTAGIÁRIO NDM 18/01/2017 - 19:23 hs
Foto: REPRODUÇÃO / GOOGLE IMAGENS / MONTAGEM
Traficantes deixam rastro de Sangue em Caxias: 5 mortes em menos de 30 dias.
Cinco homicídios em menos de 30 dias

 

 

RIO - NDM ONLINE - Moradores de Imbariê, Terceiro Distrito de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, estão preocupados com a onda de violência que tem deixado um rastro de sangue.

Por onde tem passado, traficantes de drogas da localidade, tem realizado assaltos a transeuntes, comércios e residências, além do agravante de homicídios. 

Pai e filho foram executados à tiros ontem (17), na localidade Vila Ema, as vitimas eram conhecidas no local como Nem e Nego Zói, o lugar é popularmente conhecido como Avenida B, o tráfico de drogas local tem deixado um rastro de sangue por onde tem passado, à disputa por controle de territórios, que movimentam altas cifras no distrito faz dos moradores, as principais vitimas dessa "guerra"

No dia anterior, segunda-feira (16), outros dois homens foram também executados nas proximidades, um teria sido identificado como Luciano e o outro sem identificação.

Ainda no ano novo o jovem Franklin, menino querido na localidade, foi executado por traficantes de drogas, ele aguardava o chamado para ingressar no curso de formação de soldados da PMERJ.

Em menos de 30 dias foram 5 execuções, e os crimes de furtos também continuam à todo vapor em um dos distritos mais violentos de Duque Caxias, preocupação para quem menos tem haver com essa briga, o trabalhador. 

Se você ainda não esta em nossa pagina oficial no Facebook, curta! E leve as nossas notícias para sua Time-Line. 








Deixe seu Comentário