Inspetor baleado na cabeça é o 63º policial morto este ano no Rio - NDM - NOTÍCIAS DIGITAL MÉDIA | SITES DE JORNALISMO BRASIL

ÚLTIMOS SITES!

Home Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Inspetor baleado na cabeça é o 63º policial morto este ano no Rio

RIO - NDM ONLINE - 
Um confronto entre policiais e traficantes na favela de Acari, na zona norte do Rio, resultou na morte do chefe de investigação da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), Ellery Ramos de Lemos, de 51 anos. Ele foi alvejado na cabeça durante uma operação contra os criminosos, na tarde desta terça-feira (12/06).

Lemos chegou a ser levado para o Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, na zona oeste, mas já chegou morto. Com o caso dele, chega a 63 o número de agentes de segurança mortos no Rio. São 56 policiais militares, três policiais civis, dois agentes penitenciários e dois militares do Exército.

Após a morte do agente, policiais civis de várias delegacias fizeram um cerco na região em busca dos criminosos. Os dados foram divulgados pelo Portal dos Procurados, que está oferecendo uma recompensa de R$ 5 mil a quem der pistas ou apontar os responsáveis pela morte de Lemos. O telefone para denúncias é (21) 2253-1177 e o sigilo é garantido.
   Foto Ilustrativa

+ NOTÍCIAS » NDM ONLINE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO:
O NDM Online coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas publicações. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada, respeite a opinião dos demais. Esclarecemos que as opiniões aqui expressadas não são de responsabilidade do site, mas sim dos internautas. Deixe seu comentário sobre esta publicação, após a analise da moderação, com certeza publicaremos. Criticas, sugestões e outros assuntos pertinentes envie um e-mail para: mromodia@gmail.com, contamos com sua interação. Obrigado!


☗ NDM URGENTE!

Polícia prende mulher suspeita de abandonar a própria filha em Duque de Caxias

Uma mulher foi presa neste sábado (8) suspeita de abandonar a própria filha de 1 ano no meio da rua, em Duque de Caxias. Na delegacia, horas depois, Luana Beatriz Francisco disse que a menina tinha sido sequestrada – mas acabou presa por abandono de incapaz. Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que uma mulher larga a criança na Rua Taquari, na Vila Leopoldina, pela manhã. LEIA +

✪ PRIVACIDADE: TERMOS!

Post Bottom Ad