Ricardo da karol volta a ser deputado em 2015

MAGÉ - REDAÇÃO NDM - Com a volta do deputado Christino Áureo para secretaria do estado de agricultura e pecuária, e como 10° legislatura da ALERJ, termina somente 02/02/2015, Ricardo da Karol (PMDB) volta a ser deputado estadual por mais algumas semanas, (06/01 /15 até 01/02/15), apesar de ser rápida a nova passagem pela ALERJ, Ricardo afirma que vai continuar lutando pela Baixada Fluminense.

A assessoria de comunicação do político confirmou a informação. O que acaba por contribuir, pela primeira vez Magé terá dois deputados simultaneamente representando a cidade na casa legislativa do estado do Rio. Renato Cozzolino (PR), que disputou o pleito na eleição passada, teve uma votação menor que Ricardo da karol (PMDB), porém veio por uma legenda pequena, o PR partido de Garotinho, ele acabou se elegendo com pouco mais de 26 mil votos na ocasião.

Foto: Reprodução / Facebook

Gostou do nosso site? Então curta nossa FAN PAGE, concorra automaticamente a prêmios sem precisar se cadastrar em nada, curta e fique bem informado. Saiba quais são as novidades clicando em PROMOÇÕES.

Comentários

  1. Mais algumas semanas para que? Para dar medalhas Tiradentes?

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que mesmo no pouco tempo em que ele esteve na Alerj Ricardo da Karol fez mais que Núbia e jane Cozzolino juntas, quando estas foram deputadas.

    ResponderExcluir
  3. O que esse cidadão fez por Magé? Sou mais a Soninha!

    ResponderExcluir
  4. Prezado cidadão de Bem, você pode nos lembrar o que Ricardo da Karol fez no pouco tempo em que ele esteve na Alerj?

    Quanto a Núbia e Jane, realmente elas não fizeram nada. Jane inclusive, teve o mandato cassado.

    ResponderExcluir
  5. Este cidadão muito sabe é falar e alardear. Trabalhar para o povo mesmo ele nunca trabalhou!

    ResponderExcluir
  6. E so acesar o site da alerj , n foi so medalhas , foi levado o
    Projeto bairro novo , 3 abulancias uti , 3 onibus , 1 van , cvt piabeta , quadra da fundaçao pestalozzi fora outros projetos inclusive emenda no orçamento para que o estado tenha verba para bos proximo 5 anos construir um
    Hospital estadual em mage em pouco mais de 1 ano . Pesquise , e publico . Rk
    Ama
    Mage sua cidade onde mora e tem
    Empresas

    ResponderExcluir
  7. Prezado Gustavo, entrando no link http://alerjln1.alerj.rj.gov.br/taqalerj.nsf/Pagericardodakarol?OpenPage, que lista as discussões e votações na ALERJ de 2011 até a presente data referentes ao deputado Ricardo da Karol, temos o seguinte:

    15/08/13 - Solicitação de Medalha Tiradentes, pasmem amigos, para Clarence Seedorf;
    10/10/13 - Solicitação de criação de polo universitário da UERJ;
    17/10/13 - Solicitação de criação de polo universitário da UERJ (vejam o comentário do deputado Comte Bittencourt);
    12/11/13 - Solicitação de Medalha Tiradentes;
    13/11/13 - Solicitação de Medalha Tiradentes;
    14/11/13 - Solicitação de Medalha Tiradentes;
    28/11/13 - Solicitação de Medalha Tiradentes;
    17/12/13 - Solicitação de Medalha Tiradentes;
    26/03/14 - Solicitação de Medalha Tiradentes;
    02/04/14 - Solicitação de Medalha Tiradentes;
    22/05/14 - Solicitação de Medalha Tiradentes.

    Ou seja amigo, pagamos o salário deste senhor para ele solicitar a entrega de medalhas Tiradentes e para fazer um pedido de criação aparentemente estapafúrdio da criação de um polo da UERJ.

    Se ele deu uma medalha Tiradentes para o Seedorf como bom botafoguense que é, eu quero que ele dê uma para o Brocador também.

    ResponderExcluir
  8. Gustavo, procurei no site da alerj e só encontrei medalha tiradentes. Onde tem ambulância, ônibus, van, etc?

    ResponderExcluir
  9. Pelo que entendi do que li no site da alerj, quando Ricardo da Karol SOLICITOU um polo da UERJ em Magé, o tal do deputado Comandante Bittencourt disse em outras palavras, para que Ricardo da Karol só propusesse coisas possíveis de se fazer ou que então, que desse condições para isso.

    Ou seja, Ricardo da Karol ao SOLICITAR este polo universitário, jogou pra galera.

    ResponderExcluir
  10. Ao ultimo anônimo,

    Não ia entrar no mérito dessa questão. Mas vamos aos fatos! Sou presidente do Movimento Estudantil Livre (MEL), movimente este que desde 2006 faz campanha aberta em Magé e região pelo "Piabetá Faculdade Ja"! Projeto que pede recursos para uma faculdade publica em Piabetá. Um dia conversei com o Ricardo pessoalmente na Rádio.com (na época era em (imbariê), expliquei a importância de Magé ter uma faculdade publica. Ele (Ricardo da Karol) foi franco e disse que se um dia chegasse a Alerj iria pedir recursos, hoje eu fiquei sabendo disso aqui nos comentários, sobre sua tentativa. Ricardo, gostaria de agradecer pela palavra mantida! Você não prometeu que iria conseguir trazer de fato a faculdade, explicou que como legislador, era tarefa árdua, não dependia apenas de vontade. Você cumpriu com sua palavra! Isso pra mim num político é fundamental, não comento como editor do "Notícias de Magé", nem como presidente do MEL, mas como cidadão. Obrigado ao amigo pela tentativa! O povo tem que aprender a valorizar os políticos comprometidos e parar de chorar o leite derramado, ir para as ruas, cobrar (na câmara, senado, prefeituras, nos sindicatos). ACORDA POVO ! O fato de o Ricardo ter tentado só mostra que não podemos desistir nunca, em 2015 estarei focado mais do que quando começamos em 2006.

    ResponderExcluir
  11. Prezado Maurício, faculdade pública é o que todos queremos em Magé mas infelizmente, pedir por pedir não vale e é o que Ricardo da Karol fez.

    Ele ainda levou uma espetada do deputado Comandante Bittencourt, que pediu para que Ricardo, que só se prestou a dar medalhas Tiradentes, votasse a favor em emendas para melhorar a situação das universidades do Estado do Rio de Janeiro. Palavras do deputado Bittencourt:

    "Pode o Parlamento solicitar abertura de novos polos e o parlamentar, no momento do Orçamento, não olhar com atenção a situação orçamentária que enfrentam as nossas universidades."

    Não vou discutir o histórico político do Ricardo porque ele fala por si só e infelizmente, o pedido dele para a implantação de um polo universitário foi considerado estapafúrdio. Mas coerente teria sido o pedido de uma faculdade específica, como você pediu.

    De resto, faço a minha parte quando posso, cobrando de nossos "políticos", as melhorias que precisamos para Magé e espero que você realmente não esmoreça e lute não por uma, mas por mais faculdades públicas para a nossa cidade.

    Fique com Deus amigo.


    ResponderExcluir
  12. Prezado Mauricio, visitei o Facebook do NdM e li compartilhamentos ao meu entender, preocupantes com relação a emancipação do 6º Distrito na postagem "Piabetá faculdade já!".

    Temos um exemplo muito próximo com a emancipação de Guapi que não deu certo até hoje e para comprovar o que digo, é só analisar os IDEBs e os IDHs de um de outro para vermos que Guapi pouco melhorou.

    Quanto a faculdade em Piabetá, sem bairrismos, entendo e respeito seus motivos, mas conheço o meio, e a ideia da construção de uma faculdade em um distrito causa estranheza.

    Sugiro a postagem de matérias sobre os dois assuntos para que possamos, todos nós mageenses, debater melhor dois assuntos tão importantes.

    ResponderExcluir
  13. Faculdade de que que você pediu ao Ricardo? Medicina, enfermagem, fisioterapia, arquitetura, informática, engenharia, administração?

    ResponderExcluir
  14. Ao Anônimo do dia 11 de janeiro de 2015 16:38,

    primeiramente quero agradecer a sua participação, sobre o "Projeto Piabetá Faculdade Já!", esclareço que ele não veio para de nenhuma maneira criar divisões, acho que há um fanatismo, quando de maneira errônea as pessoas dizem tudo tem que ser em Piabetá, ou tudo tem que ser em Magé por ser a sede do poder político do município. Magé muito mal sobreviveria sem Piabetá e Piabetá também não teria sucesso sem Magé, acho que isto todos nós concordamos.

    O local escolhido, foi decidido em uma reunião com militantes do movimento Estudantil Livre, no final de 2005, com a votação de país de estudantes, estudantes e alguns pequenos comerciantes. O Movimento Estudantil Livre (MEL) Caxias-Magé, foi fundado para ser um movimento em prol dos estudantes e da educação, porém sem ser ligado diretamente a grêmios estudantis, todos que querem contribuir para a melhoria de condições estudantis podem e devem participar! Na época Piabetá se mostrou mais viável por sua proximidade com o terceiro distrito de Caxias (Imbariê), por ter a maior concentração populacional de todos os distritos do município e a maior área comercial também da cidade. Em votação naquela época lançamos a campanha "Piabetá Faculdade Já", que conseguiu recolher mais de cinco mil assinaturas em 2006. Agora nossa meta será ultrapassar esse número com a ajuda da internet. Em breve, o NDM terá 3 banners posicionados dando apoio a nova campanha. Oportunidade para debater o assunto não vai faltar amigo anônimo, em breve estaremos publicando as notícias do projeto. Um abraço e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  15. Obrigado pela resposta Mauricio. Ficamos todos no aguardo de novas matérias sobre faculdades em Magé e uma possível emancipação do 6° Distrito. São dois assuntos importantíssimos, que merecem ser mais debatidos e que com certeza, tem o NdM como melhor lugar para estes debates. Abraços.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

AVISO:
O NDM Online coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas publicações. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada, respeite a opinião dos demais. Esclarecemos que as opiniões aqui expressadas não são de responsabilidade do site, mas sim dos internautas. Deixe seu comentário sobre esta publicação, após a analise da moderação, com certeza publicaremos. Criticas, sugestões e outros assuntos pertinentes envie um e-mail para: mromodia@gmail.com, contamos com sua interação. Obrigado!

Este site usa cookies para melhorar o funcionamento e distribuição de seu conteúdo e sua interação com ele. Usando cookies, estamos colhendo e guardando temporariamente alguns dados pessoais. Você pode alterar as configurações de cookies no seu navegador. Mais informações: (Política de privacidade).

PUBLICIDADE