Para Preta Gil, preconceito não tem perdão

Por Elayse Ormond- Atendendo a um pedido muito especial e nada comum porém fico muito feliz em saber que não são só as mulheres que estão querendo saber das ultimas noticias e até mesmo uma forma de protesto do nosso amigo leitor Marcio de Queiros residente no bairro de Santa Lucia.
No programa  com Fátima Bernardes,  Preta Gil abriu o coração e falou das ofensas que sofreu ao longo da vida por se assumir bissexual.
Sofri algumas ofensas gratuitas de pessoas importantes, humoristas, pólicos. Só tenho aparência de forte. Sofri muito. Disse a Cantora.
Ao contrário do pai que segundo ela é muito zen, Preta diz que para ela preconceito é imperdoável. É muito difícil uma pessoa que humilha, diminui as pessoas, que se acha superior, por ser rico, branco de uma religião e acha o outro por ser diferente, menor.E finaliza . É uma Questão de educação.
Então tá ai seu pedido atendido.

Este site usa cookies para melhorar o funcionamento e distribuição de seu conteúdo e sua interação com ele. Usando cookies, estamos colhendo e guardando temporariamente alguns dados pessoais. Você pode alterar as configurações de cookies no seu navegador. Mais informações: (Política de Privacidade).

PUBLICIDADE